Mais de 60.000 alunos capacitados

MG (31) 3495-4427, MG (31) 3450-3644, MG (31) 99201-0939,RJ (21) 4063-9441, PR (41) 4063-5441, RS (51) 4063-7441 , DF (61) 4063 640, SP (11) 3522-8441

Cinto de segurança: uma peça indispensável

Atualmente, a obrigatoriedade do uso do cinto de segurança para trabalho em altura é evidente. Contudo, em tempos passados, essa prática não era compulsória por lei, levando os trabalhadores a negligenciarem sua utilização, apesar da sua relevância.

Uso de cinto obrigatório

Após a promulgação da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, o uso do cinto tornou-se obrigatório e passível de multa em caso de descumprimento. Esta lei passou a valer tanto para o motorista, quanto para os caronas. Apesar de alguma resistência, a lei “pegou”, muito em função das inúmeras tragédias que ceifaram milhares de vidas, devido a não utilização do cinto de segurança.

 

 

 

No âmbito do segurança do trabalho, há o uso do cinto de segurança para atividades executadas acima de dois metros de altura. No entanto, assim como os motoristas, nas empresas também se encontra resistência ao uso correto deste EPI.

 

 

 

cinto de segurança

As reclamações variam de falta de praticidade até o desconforto causado pelos cintos. Em virtude disso, os fabricantes investiram no desenvolvimento de equipamentos que oferecessem, além de segurança, conforto ao usuário.

 

 

Dessa maneira, é possível encontrar diversos modelos de cintos de segurança, com mais pontos de ancoragem e fitas elásticas que oferecem mais flexibilidade e almofada de proteção para o maior conforto do usuário.

 

 

É fundamental, no entanto, observar o tipo apropriado para a atividade e também para o local onde o cinto será instalado. São eles:

 

 

Cinto eletricista;

Cinto com protetor lombar;

Cinto pra carregamento de carga;

Cinto com regulagem total;

Cinturão paraquedista com 5 pontos de ancoragem;

Cinturão paraquedista com regulagem total e almofada;

Cinto de segurança com alma de aço;

Cinto de paraquedista.

 

Independentemente do modelo, o cinto precisa obter o Certificado de Aprovação, especificações técnicas do fabricante, treinamento dos funcionários e uma correta análise do seu uso, além do momento de descarte do material.

 

 

O uso do cinto de segurança no trabalho em altura não pode ser encarado pelo trabalhador como um incômodo, mas sim como a garantia de que ele retornará pra casa ao fim do dia são e a salvo de quedas que poderão vitimá-lo ou mesmo causar danos irreversíveis ao seu corpo.

O que você precisa para executar trabalho em altura

Para executar trabalhos em alturaespaço confinado,  é imprescindível que, além de utilizar o cinto de segurança, o funcionário também faça o curso NR 35 e o curso NR 33. Em Belo Horizonte e região, a melhor opção está na MA Consultoria e Treinamentos

Dominando o Uso do Cinto Paraquedista em Trabalho em Altura: Um Guia Detalhado

Trabalhar em altura demanda precauções rigorosas, e o uso adequado do cinto paraquedista é vital para a segurança do profissional. Com a facilidade de acesso aos cursos NR35 online, aprender a utilizar corretamente esse equipamento essencial tornou-se mais acessível e conveniente.

Trabalhar em altura demanda precauções rigorosas, e o uso adequado do cinto paraquedista é vital para a segurança do profissional. Com a facilidade de acesso aos cursos NR35 online, aprender a utilizar corretamente esse equipamento essencial tornou-se mais acessível e conveniente.

Por que é Importante Conhecer o Uso do Cinto Paraquedista?

O cinto paraquedista é um componente crucial do sistema de proteção contra quedas em trabalhos em altura. Seu uso correto pode evitar acidentes graves e garantir a integridade física do trabalhador. A NR35, norma regulamentadora que estabelece os requisitos e medidas de proteção para esse tipo de atividade, enfatiza a necessidade de treinamento específico.

Acessibilidade Através de Cursos NR35 Online
  1. Conteúdo Especializado: Os cursos NR35 online oferecem módulos específicos dedicados ao uso do cinto paraquedista. Esses cursos são desenvolvidos por profissionais especializados em segurança do trabalho, garantindo um conteúdo confiável e atualizado.

  2. Flexibilidade de Aprendizado: A modalidade online permite que os profissionais aprendam no seu próprio ritmo, adequando os estudos à sua agenda. Isso facilita a absorção do conteúdo e a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos.

O que Você Aprenderá em um Curso NR35 sobre o Uso do Cinto Paraquedista?
  1. Seleção Adequada: Entender os diferentes tipos de cintos paraquedistas disponíveis no mercado e como escolher o mais adequado para cada situação.

  2. Ajuste Correto: Aprender a ajustar o cinto paraquedista de forma adequada ao corpo, garantindo conforto e eficácia durante o trabalho em altura.

  3. Inspeção e Manutenção: Conhecer os procedimentos de inspeção e manutenção do cinto paraquedista, assegurando que o equipamento esteja sempre em condições seguras de uso.

  4. Procedimentos de Emergência: Saber como agir em situações de emergência, incluindo o uso correto do cinto paraquedista em casos de resgate.

Dicas para um Aprendizado Eficaz:
  • Participação Ativa: Interaja com os materiais do curso, participe de discussões e simulações para fortalecer a compreensão prática.

  • Prática Supervisionada: Se possível, complemente o curso com práticas supervisionadas, aplicando diretamente os conhecimentos adquiridos.

Conclusão: Investir na sua Segurança Profissional

Dominar o uso do cinto paraquedista através de um curso NR35 online não é apenas uma exigência legal, mas um investimento na própria segurança. Profissionais treinados têm não apenas o conhecimento teórico, mas também a habilidade prática necessária para enfrentar os desafios do trabalho em altura com confiança e segurança.

Conheça nossos cursos presenciais e online

Precisa de Ajuda? clique aqui.
× How can I help you?