RAC 6 - Espaço Confinado

Primeiros Socorros Avançado

Carga horária:

8 horas

Sinopse do curso

Este curso aborda conteúdos e práticas básicas relativos a conceitos, técnicas e procedimentos referentes ao atendimento emergencial às vitimas.
Objetivos de aprendizagem

Ao final da capacitação, o profissional deverá:

  • Compreender noções básicas de atendimento inicial às vítimas de acidentes;
  • Identificar o tipo de emergência clínica apresentada;
  • Aplicar técnicas e procedimentos de atendimento inicial apropriados a cada tipo de emergência;
  • Aplicar os conceitos e procedimentos necessários para obter suporte básico de vida;
  • Aplicar corretamente os conceitos e procedimentos para o caso de sangramentos graves;
  • Aplicar corretamente os procedimentos e técnicas para movimentar vítimas de acidentes;
  • Aplicar corretamente os procedimentos e técnicas de atendimento em situações simuladas.

Público-alvo do curso

Todos os profissionais envolvidos em atividades críticas de Trabalho em eletricidade e Espaço Confinado.

Conteúdo programático:

  • Suporte Básico de Vida (RCP E DEA)
  • Atendendo a uma emergência
  • Avaliação da vítima
  • Posição de recuperação
  • Engasgamento (vítima consciente)
  • Ataque cardíaco e dor torácica
  • Prevenção contra transmissão de doenças
  • Sangramentos e ferimentos
  • Estado de choque
  • Queimaduras
  • Lesões graves
  • Lesões nos ossos, articulações e músculos.
  • Males súbitos
  • Envenenamentos e intoxicações
  • Emergências relacionadas ao frio e calor
  • Transporte e remoção de vítimas

Proteção Respiratória

Rotas:

RAC 06 – Espaço Confinado para Supervisores de Entrada
RAC 06 – Espaço Confinado para Vigias e Empregados Autorizados

Requisito(s) legal(is) no Brasil:

NR-33

Carga horária:

2 horas

Periodicidade:

Não aplicável (o conteúdo programático está incluído nas reciclagens anuais da RAC-06).

Objetivos de aprendizagem:

Ao final da capacitação, o empregado deverá:

  • Definir os conceitos relacionados à proteção respiratória.
  • Explicar a importância da utilização e da inspeção dos EPRs.
  • Listar as exigências legais sobre o uso de EPR.
  • Descrever o funcionamento dos EPRs.
  • Nomear e explicar as medidas de controle coletivo e administrativo relacionadas ao uso de EPR.
  • Identificar os diferentes perigos e associá-los às situações de emergência em relação à proteção respiratória.
  • Descrever e executar corretamente os procedimentos e as práticas de segurança relacionadas à proteção respiratória.

Conteúdo programático:

  • Proteção Respiratória e Perigos Envolvidos.
  • Importância do Uso do Respirador.
  • Efeito do Uso Incorreto do Respirador no Organismo Humano.
  • Funcionamento, Características e Limitações do Respirador.
  • Utilização Correta do Respirador.
  • Reconhecimento de Situações de Emergência.
  • Exigências Legais sobre o Uso de Respiradores.
  • Medidas de Controle Coletivo e Medidas de Controle Administrativas.

Área Classificada

Rotas:

  • RAC-06 – Espaço Confinado para Supervisores de Entrada de Trabalho
  • RAC-11 – Trabalho com Eletricidade Básico – Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade

Requisito(s) legal(is) no Brasil:

NR-10 e NR-33

Carga horária:

2 horas

Periodicidade:

Não aplicável (o conteúdo programático está incluído nas reciclagens das RAC-06 e RAC-11).

Objetivos de aprendizagem:

Ao final da capacitação, o empregado deverá:

  •   Reconhecer uma área classificada.
  •   Identificar os perigos associados ao trabalho em área classificada.
  •    Descrever e executar corretamente os procedimentos para controle de riscos dos trabalhos em áreas classificadas.

Conteúdo programático:

  •    Conceito de Área Classificada.
  •    Aspectos Técnico-Legais Relacionados às Áreas Classificadas.
  •    Critérios de Classificação de Área.
  •    Reconhecimento de Perigos em Áreas Classificadas.
  •    Medidas de Controle de Riscos e Critérios de Indicação de Uso de Equipamentos em Áreas Classificadas.

Prevenção de Riscos em Espaço Confinado – Para Supervisores de Entrada

Rota:

RAC-06 – Espaço Confinado para Supervisores de Entrada

Requisito(s) legal(is) no Brasil:

NR-18, NR-22 e NR-33

Carga horária:

Primeira capacitação: 24 horas

Reciclagem: 8 horas (para as situações especiais previstas no campo periodicidade, a carga horária deve atender à situação que a motivou).

Periodicidade:

1 ano e sempre que houver uma das seguintes situações:

a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;
b) algum evento que indique a necessidade de novo treinamento;
c) quando houver uma razão para acreditar que existam desvios na utilização ou nos procedimentos de entrada nos espaços confinados ou que os conhecimentos não sejam adequados.

Objetivos de aprendizagem:

Ao final da capacitação, o empregado deverá:

  • Conceituar espaço confinado.
  • Listar os benefícios individuais e coletivos da prevenção de acidentes ocorridos em espaço confinado.
  • Nomear as formas de comunicação entre a equipe em espaço confinado.
  • Identificar os perigos e controlar os riscos através de medidas de controle nas atividades realizadas em espaço confinado.
  • Executar atividades seguindo os procedimentos e as práticas específicos de segurança em espaço confinado.
  • Aplicar os conceitos, os requisitos e os procedimentos de segurança referentes ao trabalho em espaço confinado.
  • Aperfeiçoar as práticas de segurança dos profissionais em atividades realizadas em espaço confinado.

Conteúdo programático:

  • Legislação de Segurança e Saúde.
  • Definições de Espaço Confinado, Entrada, Isolamento, Aprisionamento, e Outros Conceitos Pertinentes.
  • Identificação dos Espaços Confinados.
  • Conhecimentos sobre Práticas Seguras em Espaço Confinado.
  • Reconhecimento, Avaliação e Controle de Riscos em Espaço Confinado.
  • Critérios de Identificação, Funcionamento e Uso de Equipamentos de Controle de Riscos em Espaço Confinado. Monopé.
  1. Tripé.
  2. Guincho.
  3. Exaustor/insuflador.
  4. Venturi.
  5. Equipamentos de comunicação.
  6. Iluminação, equipamentos e alimentação elétrica.
  7. Equipamentos e acessórios de medição de agentes químicos e físicos.
  8. Sinalização.
  • Comunicação entre Equipe, Vigia e Grupo de Resgate.
  • Sistema de Permissão de Entrada.
  • Pré-operação e Operação em Espaços Confinados.
  • Operações de Salvamento.

Fique Atento!
No curso de reciclagem, deve-se abordar adicionalmente:

  • Procedimentos e Utilização da Permissão de Entrada e Trabalho.
  • Revisão de Proteção Respiratória.
  • Revisão de Área Classificada.

Prevenção de Riscos em Espaço Confinado – Para Vigias e Empregados Autorizados

Rota:

RAC-06 – Espaço Confinado para Vigias e Empregados Autorizados

Requisito(s) legal(is) no Brasil:

NR-18, NR-22 e NR-33

Carga horária:

Primeira capacitação: 12 horas
Reciclagem: 8 horas (para as situações especiais previstas no campo periodicidade, a carga horária deve atender à situação que a motivou).

Periodicidade:

1 ano e sempre que houver uma das seguintes situações:

a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;
b) algum evento que indique a necessidade de novo treinamento;
c) quando houver uma razão para acreditar que existam desvios na utilização ou nos procedimentos de entrada nos espaços confinados ou que os conhecimentos não sejam adequados.

Objetivos de aprendizagem:

Ao final da capacitação, o empregado deverá:

  • Conceituar espaço confinado.
  • Identificar as responsabilidades da equipe em relação à reconhecimento, à avaliação e ao controle de riscos em espaço confinado.
  • Listar os benefícios individuais e coletivos da prevenção de acidentes ocorridos em espaço confinado.
  • Nomear as formas de comunicação entre os membros da equipe em espaço confinado.
  • Identificar os perigos e controlar os riscos através de medidas de controle nas atividades realizadas em espaço confinado.
  • Descrever a importância da inspeção e da utilização dos EPIs e dos EPCs em espaço confinado.
  • Aplicar os conceitos, requisitos e procedimentos de segurança referentes ao trabalho em espaço confinado.
  • Aperfeiçoar as práticas de segurança dos profissionais em atividades realizadas em espaço confinado.

Conteúdo programático:

  • Definições de Espaço Confinado, Entrada, Isolamento, Aprisionamento e Outros Conceitos Pertinentes.
  • Reconhecimento, Avaliação e Controle de Riscos em Espaço Confinado.
  • Funcionamento de Equipamentos Utilizados em Espaço Confinado.
  1. Monopé.
  2. Tripé.
  3. Guincho.
  4. Exaustor/insuflador.
  5. Venturi.
  6. Equipamentos de comunicação.
  7. Iluminação, equipamentos e alimentação elétrica.
  8. Equipamentos e acessórios de medição de agentes químicos e físicos.
  9. Sinalização.
  • Comunicação entre Equipe, Vigias e Grupo de Resgate.
  • Pré-operação e Operação em Espaços Confinados.
  • Procedimentos e Utilização da Permissão de Entrada e Trabalho.
  • Noções de Resgate.

Fique Atento!
No curso de reciclagem devem ser abordados adicionalmente:

  • Revisão de Primeiros Socorros.
  • Revisão de Proteção Respiratória.
     

CURSO RAC  06 - MATRICULAS PARA EMPRESA PRESTADORES DE SERVIÇOS VALE PARA TODO O BRASIL.

Encaminhar orçamento para: comercial@maconsultoria.com